Acompanhe

Colorimetria: descubra as cores que combinam com o seu tom de pele

Por que algumas cores de roupa ficam melhores em você do que outras?
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

Colorimetria: descubra as cores que combinam com o seu tom de pele

Colorimetria: descubra as cores que combinam com o seu tom de pele Foto: xavigm/iStock

Se você já se perguntou por que algumas cores de roupa ficam melhores em você do que outras, saiba que essa dúvida tem uma explicação científica: a colorimetria.

Mas o que é colorimetria?

De forma resumida, podemos dizer que colorimetria é o estudo do efeito da cor no nosso tom de pele.

Diferentes combinações de cores irão realçar e dar luminosidade para cada tom de pele de forma diferente. Essas combinações foram identificadas depois de muitas pesquisas e, em seguida, separadas em categorias. Mas na prática não é tão complicado assim.

Veja como descobrir as cores que mais favorecem a sua pele e em qual grupo de tonalidades você se encaixa. Com essas informações você terá um guarda-roupa adequado, que não a deixará com dúvida do que vestir, pois todas as roupas deixarão você radiante.

Divisão das cores

Os primeiros estudiosos sobre colorimetria criaram uma divisão de cores inspirada nas estações do ano. Essa divisão fazia relação direta com a tonalidade da pele, que se caracteriza como: quente, fria e neutra. Sendo assim, a divisão seria:

Tonalidade de pele

  • Quente – de cor escura e de cor clara com tons alaranjados, dourados e amarelados.
  • Fria – de cor escura, com tons azulados e verde-oliva, e clara e pálida, com tons de roxo, rosa e azul bem claro.
  • Neutra – de cor clara ou escura, mas que não se bronzeiam facilmente.

© colorimetriaTabela de tons de pele da colorimetria. Divisão das estações

  • Verão – pessoas que se enquadram nessa estação têm a pele fria e combinam mais com cores opacas, suaves e sutis.
  • Outono – essa estação engloba as pessoas quem possuem pele quente e ficam bem com tons terrosos, cores quentes e escuras, mas também alguns tons de salmão e verde suaves.
  • Inverno – as pessoas que se encaixam no padrão inverno têm a pele fria e se beneficiam com cores mais intensas, escuras e brilhantes (mas escuras).
  • Primavera – quem está na paleta da primavera provavelmente tem a pele quente e combina com cores alegres, vibrantes e vivas.

Além dessas divisões, existem também a escala de subtons de cada pele. Esses subtons encontram-se embaixo da nossa pele, ou seja, são caracterizados pela cor das nossas veias, da hemoglobina e do caroteno.

© coloração pessoal  Os tons e subtons de cada pele podem determinar a paleta de cores ideal. (Imagem: Holubenko Nataliia/iStock)

Entretanto, vale ressaltar que vivemos em um país com muita mistura de tons de pele. Portanto, a análise de um especialista em cor ou consultor de imagem, é fundamental para saber com certeza qual a tonalidade da sua pele e quais cores beneficiam você.

Colorimetria na prática

Para chegar à paleta de cores ideal para cada pessoa é preciso fazer alguns testes de cor e imagem. Esses testes são simples e o resultado impressionante. Com o auxílio de tecidos com cores e combinação de cores e estampas diferentes, os profissionais identificam o que fica bem ou não em cada pessoa.

Antes de tudo, você precisa esconder a cor do cabelo e da roupa que está usando para que somente o rosto fique em evidência. Em seguida, o profissional vai colocando os tecidos próximo ao rosto da pessoa a fim de descobrir a coloração pessoal de cada cliente.

© teste de colorimetria A variação de cores durante o teste pode informar quais favorecem você. (Imagem: Berezko/iStock)

Depois de saber o tom de pele, estação e paleta de cores, o cliente terá em mãos um direcionamento que poderá influenciar não só na escolha da cor das roupas, mas também na cor do cabelo e da maquiagem. Pois todas as cores que você coloca próximo ao rosto podem beneficiá-la ou não.

Portanto, se depois dessa consulta você perceber que sua cor preferida não compõe sua coloração pessoal, não fique triste. Você poderá utilizá-la nas peças de baixo, como saia, calça, short e sapato.

O poder das cores

O teste de coloração pessoal nos mostra uma realidade impressionante. Ficamos cientes da grande influência que a cor tem no nosso semblante. As cores certas, que combinam com você, podem iluminar seu rosto, esconder manchas e olheiras e até deixar a pele mais lisa.

© colorimetria As cores podem ser aliadas ou inimigas na hora de se arrumar ou maquiar. (Imagem: scanrail/iStock)

Enquanto isso, a cor errada pode acabar com o seu visual. Ela pode criar um aspecto de cansaço e abatimento e ressaltar melasmas, olheiras e outras manchas. Além disso, pode chamar atenção para rugas e marcas de expressão que nem eram tão visíveis.

Essa percepção fica nítida no teste. Por isso, se pretende mudar o visual de uma forma que favoreça você ao máximo, vale a pena investir em uma consultoria de colorimetria. Conhecer suas cores pode mudar sua percepção no mundo.

Fonte: MSN - Entretenimento- Estilo de Vida

Dê sua opinião: