Acompanhe

Pix: 5 problemas comuns e o que fazer em cada uma deles

A única regra do Banco Central é que a mensagem tenha um conteúdo mínimo indicado no manual do Pix.
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

Pix: 5 problemas comuns e o que fazer em cada uma deles

Pix: 5 problemas comuns e o que fazer em cada uma deles Foto: Reprodução

Fazer transações financeiras através do Pix costuma ser tão fácil que, se algo não sai como o esperado, você até estranha e quer logo entender o que está acontecendo. Afinal, o que é esse erro no Pix? O que significa? Como resolver?

Primeiro, é importante entender que cada instituição tem autonomia para decidir como comunicar o erro no Pix ao cliente. A única regra do Banco Central é que a mensagem tenha um conteúdo mínimo indicado no manual do Pix.

Ou seja: apesar do texto ser diferente, o conteúdo da mensagem carrega a mesma informação.

Algumas instituições, por exemplo, criaram códigos para cada tipo de erro no Pix. Mas, como isso não é obrigatório, é mais fácil entender situações comuns e como resolvê-las. Confira abaixo.

ERRO NO PIX: 5 SITUAÇÕES COMUNS E COMO RESOLVÊ-LAS

1. CHAVE PIX NO FORMATO ERRADO

Um dos jeitos mais práticos de fazer um Pix é usando uma chave. Mas, caso a pessoa digite o dado em um formato incompatível com aqueles aceitos pelo Pix (CPF, CNPJ, email, número do telefone celular e chave aleatória), a transação não vai funcionar.

Se isso acontecer, a instituição deve comunicar que a transação não foi realizada porque houve um problema no formato da chave Pix. Alguns exemplos de mensagens que podem aparecer no app:

  • Transação não concluída. Formato da chave inválido;
  • Ocorreu um problema no formato da chave. Tente novamente;
  • Ocorreu um erro. Confira o formato dessa chave;
  • Seu Pix não foi concluído. Verifique o formato da chave informada.

COMO RESOLVER?

Caso apareça esse erro em uma transação do Pix, é necessário revisar a chave informada para garantir que ela está em um formato válido (CPF, CNPJ, email, número do telefone celular e chave aleatória) e escrita da maneira correta (sem caracteres especiais, como asterisco ou jogo da velha). Se necessário, peça para quem vai receber o Pix confirmar novamente a chave.

2. CHAVE PIX NÃO ENCONTRADA

Outro erro que pode acontecer ao usar uma chave Pix é ela não ser encontrada no sistema de pagamentos instantâneos – seja porque houve um erro na digitação, seja porque a chave ainda não foi cadastrada.

Caso isso aconteça, a instituição deve informar que a transação não foi realizada porque a chave não foi encontrada. Por exemplo:

  • Transação não concluída. Chave inexistente
  • Chave não localizada. Tente novamente.
  • Ocorreu um erro. Não foi possível encontrar essa chave.
  • Pix não concluído. Verifique se a chave está correta.

COMO RESOLVER?

Revise a chave informada para ver se você a digitou corretamente. Se o erro persistir, avise a pessoa que vai receber a transação e peça para ela mandar novamente a chave.

3. FALHA DE COMUNICAÇÃO COM O SISTEMA DO PIX

Se você tentar fazer um Pix e der erro por falha de comunicação, significa que o sistema da sua instituição financeira não conseguiu trocar informações com o Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT) – o serviço do Banco Central que permite buscar detalhes de contas transacionais por meio das chaves.

Neste caso, a instituição deve informar que a transação não foi realizada pois houve um problema técnico ou de comunicação. Por exemplo:

  • Transação não concluída. Falha de comunicação. Tente novamente;
  • Seu Pix não foi finalizado. Tivemos problema técnico. Tente novamente;
  • Desculpe, tivemos um problema de comunicação. Tente novamente.

COMO RESOLVER?

Quando o Pix não é efetivado por falha de comunicação, geralmente é porque o sistema está apresentando alguma oscilação – seja da instituição financeira, seja do próprio Pix. Neste caso, você pode esperar um pouco e tentar novamente depois de um tempo.

4. ERRO NA LIQUIDAÇÃO DA TRANSAÇÃO

Outro problema que pode aparecer para você é o erro na liquidação do Pix. Ou seja: que a transação não foi realizada, seja porque não tem saldo suficiente na conta, seja porque a conta de quem vai receber está indisponível ou não existe, seja porque aconteceu algum erro no processamento ou falha técnica, ou ainda porque extrapolou o tempo limite.

Se isso acontecer, a instituição deve informar que a transação não foi realizada e especificar qual foi o problema. Por exemplo:

  • Pix não realizado, o saldo que você possui não foi suficiente;
  • Transação não concluída. Conta do destinatário indisponível;
  • Transação não concluída. Erro de processamento;
  • Desculpe, tivemos uma falha técnica. Tente de novo;
  • Esse Pix está levando mais tempo que o esperado e não pode ser concluído. Tente de novo.

COMO RESOLVER?

Depende de cada situação que gerou o erro na liquidação. Se o saldo é insuficiente, por exemplo, é necessário colocar dinheiro na conta para que a transação seja realizada. Se a conta do destinatário está indisponível, é importante checar com a pessoa se houve algum problema – e, dependendo do caso, pedir outra conta.

Por outro lado, se houve um erro no processamento, falha técnica ou a transação extrapolou o tempo máximo para ser realizada, provavelmente o sistema está sofrendo oscilação. Neste caso, o ideal é esperar um pouco e tentar novamente.

5. PROBLEMA COM QR CODE DO PIX

Se você tentar pagar um QR Code do Pix, também pode acontecer alguns tipos de erro. Duas situações comuns são: o código se refere a uma chave inexistente ou ele perdeu o prazo de validade.

Nestes casos, a instituição deve informar que a transação não foi realizada porque houve um problema técnico ou de comunicação (se a chave não existir), ou porque o QR Code não é mais válido. Por exemplo:

  • Transação não concluída. Falha de comunicação. Tente novamente;
  • Erro ao realizar o Pix. QR Code inválido. Faça uma nova tentativa.

COMO RESOLVER?

Independentemente da causa, é necessário avisar a pessoa ou o estabelecimento que emitiu o QR Code sobre o erro e pedir um novo código.

Fonte: O Petróleo

Dê sua opinião: