Acompanhe

Presidente do TJ-PI anuncia edital de concurso com 100 vagas

Edital será lançado no mês de março
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

José Ribamar de Oliveira, presidente do TJ-PI

José Ribamar de Oliveira, presidente do TJ-PI Foto: Reprodução

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador José Ribamar de Oliveira, anunciou que o edital de concurso com 100 vagas no Judiciário será divulgado no mês de março.

Segundo o presidente, a maior parte das vagas oferecidas será para o cargo de analista. A Comissão responsável por coordenar o próximo concurso público do Tribunal já está criada e o passo seguinte é a definição da instituição para realizar a prova.

A comissão do concurso será presidida pelo juiz Rodrigo Tolentino, contando ainda com a presença de mais quatro juízes e quatro servidores. A indicação dos postos no grupo ficará sob a incumbência do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Piauí (SINDSJUS) e pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça e Avaliadores do Estado do Piauí (SINDOJUS).

O desembargador José Ribamar Oliveira criticou parcela do orçamento do estado para o ano de 2022 destinada ao TJ-PI. Após a aprovação na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) o Judiciário receberá pelo menos R$ 700 milhões para realizar as ações ao longo deste ano.

De acordo com o presidente do TJ, a expectativa era de que esse valor chegasse a R$ 850 milhões. Por conta disso, a programação para a nomeação de 12 novos juízes teve que ser reduzida para oito.

“O Tribunal de Justiça a cada ano vem descendo no gráfico do seu orçamento, ao invés de acompanhar os rendimentos oferecidos pelo estado, ou seja, a arrecadação do estado, que vem em uma linha, a do Tribunal vem descendo. Então, nós estivemos com o governador e secretário e foi mantido apenas a correção da inflação, mas sabemos que se houver necessidade de um dispêndio maior”, explicou.

Da Redação

Dê sua opinião: