Bolsonaro anuncia general Silva e Luna como novo presidente da Petrobras

General já foi ministro da Defesa do governo Temer
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

General Joaquim Luna e Silva, presidente da Petrobras

General Joaquim Luna e Silva, presidente da Petrobras Foto: Divulgação

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou nesta sexta-feira (19) os rumores de que trocaria o comando da Petrobras. Em post publicado em suas redes sociais, Bolsonaro comunicou a escolha do general Joaquim Silva e Luna para substituir o atual presidente da empresa, Roberto Castello Branco.

Silva e Luna era diretor-geral da Itaipu Binacional e já foi ministro da Defesa durante o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB), em 2018.

"O governo decidiu indicar o senhor Joaquim Silva e Luna para cumprir uma nova missão, como conselheiro de administração e presidente da Petrobras, após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, senhor Roberto Castello Branco", afirmou Bolsonaro no Facebook.

Críticas feitas em live de Bolsonaro
Na quinta-feira (18), em sua live semanal, o presidente da República já havia sinalizado que gostaria de fazer a mudança no comando da Petrobras porque, "obviamente", uma fala recente de Castello Branco teria consequências. O presidente da companhia disse dias atrás que a ameaça de greve dos caminhoneiros não era problema da estatal.

Durante a quinta-feira (18/02), a Petrobras anunciou novo aumento nos preços da gasolina e do óleo diesel. O litro da gasolina nas refinarias passou a custar R$ 2,48 e o do diesel, R$ 2,58. O preço nos postos é maior, e não é tabelado.

Fonte Folhapress

Dê sua opinião: