Santos vence o Corinthians e entra para o G8 do Brasileiro

Corinthians estacionou na tabela
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

Jogadores do Santos comemoram gol

Jogadores do Santos comemoram gol Foto: Reprodução/Instagram

Atual vice-campeão, Santos deu um passo importante rumo à classificação para a próxima edição da Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira (17), o Peixe bateu o rival Corinthians na Vila Belmiro, por 1 a 0, e reconquistou a oitava colocação no Campeonato Brasileiro. Derrotado no clássico paulista, o Timão estacionou no meio da tabela e vê a vaga ao torneio continental cada vez mais difícil.

O primeiro tempo da partida não foi dos melhores. Logo aos 11 minutos de jogo, uma queda na transmissão de energia frustrou os planos de santistas e corintianos e a partida precisou ficar paralisada por 12 minutos. Na etapa final, o duelo foi mais empolgante, sobretudo pela atuação individual do venezuelano Soteldo —responsável direto pela vitória do Peixe, em partida atrasada, válida pela 33ª rodada da competição.

Com o triunfo, o Santos alcançou os 53 pontos na tabela de classificação e se consolidou no G8, uma posição que hoje lhe garantiria vaga na próxima edição da Libertadores. Já o Corinthians se mantém com 49 pontos, restando apenas duas rodadas para o fim do Brasileiro, numa missão complicada para ultrapassar o algoz.
Soteldo desequilibra na Vila
Poupado por conta de dores musculares na coxa, Soteldo iniciou no banco. Mas, por causa do desempenho muito abaixo do time, foi acionado já no intervalo, na vaga do volante Ivonei. E mudou a partida quase que de imediato. Nove minutos foram suficientes para o venezuelano encontrar espaço, arriscar o chute e, no rebote, ver o Santos encontrar o gol. O adolescente Marcos Leonardo foi quem se consagrou. Pouco tempo depois, Soteldo foi sacado devido ao desgaste, apenas 17 minutos depois. Caiu e pediu para ser substituído, e, por precaução, foi sacado.
Ataque do Corinthians decepciona
Firme como centroavante coritintiano, Léo Natel praticamente não produziu enquanto esteve em campo. Mesmo quando sua equipe era melhor nos primeiros minutos do clássico, antes do apagão, o atacante pouco apareceu. Ao longo do jogo, matou o ataque e não deu opções. Sem participação efetiva na partida, Natel foi substituído por Jô no início do segundo tempo, mas o substituto também não correspondeu.

Fonte: Folhapress


Dê sua opinião: