Acusados de roubo à joalheria em Teresina são presos pela PRF em Goiás

Acusados foram presos nesta segunda-feira
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

PRF realiza a prisão de acusados de roubar joalheria

PRF realiza a prisão de acusados de roubar joalheria Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde de segunda-feira (22) três homens, sendo dois colombianos e um venezuelano, acusados de participação no roubo à joalheria Rubi, localizada no Teresina Shopping, no último domingo (21).

De acordo com a PRF, por volta das 17h, policiais rodoviários federais pararam um veículo Fiat/Uno, locado. O veículo já vinha sendo monitorado pela PRF, integrado ao Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Piauí (GRECO), e Polícia Militar de Goiás, Distrito Federal e Piauí.

A PRF informa que os presos são suspeitos ainda de furtar uma loja de celulares em um shopping de São Luís/MA e de utilizar documentos falsos para locar o veículo utilizado na fuga, além de comporem uma quadrilha de furtos à shoppings centers. Os presos foram reconhecidos pelas imagens de câmeras de monitoramento.

Os suspeitos fugiram do Nordeste após os delitos e tinham como destino a capital paulista.

O prejuízo causado pelas ações criminosas da quadrilha, em apenas um dos furtos, na joalheria em Teresina, ultrapassa um milhão de reais. Segundo o inspetor da PRF Alexssandro, as joias roubadas da joalheria não estavam com os suspeitos.

A equipe da PRF encaminhou os presos para a central de flagrantes em Catalão.

Com informações do Nucom/PRF

Dê sua opinião: