Acompanhe

Artigo - Curando as feridas da separação

Pessoas não estão conseguindo lidar com o fim de relacionamentos amorosos
Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Telegram

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa Foto: Reprodução/Instagram

Muitas pessoas me procuram na clínica porque não estão conseguindo lidar com o fim de relacionamentos amorosos.  Se você estiver sentindo dor em virtude de uma separação, lembre-se que por mais profunda que seja uma ferida ela sempre vai cicatrizar. Você só precisa resistir a ideia de ficar cutucando, para não tirar a casquinha e machucar de novo.

Percebo que vários pacientes estão presos a um padrão de relacionamento que não é saudável! E por isso sempre escolhem o mesmo tipo de pessoa, mudando só o nome. Isso também acontece com você? É hora, então, de romper esse círculo vicioso!

Pega um papel e faz uma lista das pessoas com as quais se relacionou e anote alguns dados: como tratava você, quais eram os principais temas das discussões, como era o humor dos seus ex, ... Escreveu? Agora encontre os pontos que todos tem em comum. Entenda qual padrão de pessoa que você se fixou e o porquê que as relações não foram saudáveis. Depois procure reescrever a sua vida buscando personagens diferentes e que possam lhe trazer mais felicidade. Mas você precisa aguardar o seu tempo de cura e respeitar o seu momento.

Psicóloga Sileli Santiago
CRP 21/01846

Dê sua opinião: